Quero trabalhar! Essa frase marca o início de uma jornada para jovens em busca do próprio dinheiro e maior independência. Afinal, é preciso superar uma série de desafios para conseguir o primeiro emprego!

Publicidade

Aliás, em tempos de crise, até quem já possui experiência e formação especializada encontra obstáculos ao buscar uma colocação no mercado de trabalho.

Contudo, os jovens que estão começando a vida profissional são os mais prejudicados. Já que a experiência é um requisito em boa parte das vagas.

Publicidade

Neste artigo vamos falar sobre as dificuldades enfrentadas ao buscar emprego e dar dicas valiosas de como conseguir uma oportunidade, mesmo sem experiência!

Dificuldades na busca do primeiro emprego

Um estudo de 2018, realizado pelo MCDonald’s em parceria com a consultoria em pesquisas Trendsity, revelou que a falta de experiência prévia é o maior obstáculo enfrentado pelos jovens brasileiros na busca do primeiro emprego.

Esse é um verdadeiro dilema, pois, se o jovem nunca trabalhou, não possui experiência. E como adquirir experiência sem ser contratado e exercer uma função pela primeira vez?


A pesquisa citada entrevistou 500 pessoas com idade entre 16 e 27 anos no Brasil. Desse total, 77% apontou a falta de experiência como maior obstáculo para conseguir trabalho.

Falta de oportunidades, falta de confiança nas gerações mais novas e dificuldade na transição entre o ensino médio e o mercado de trabalho também foram citados como entraves.

Felizmente, todas essas dificuldades podem ser contornadas, como vamos explicar em outro tópico, continue acompanhando!

O famoso “QI”: quem indica

A expressão “QI” ou “quem indica, se refere a situações nas quais o candidato consegue uma oportunidade de trabalho graças a alguma indicação. Muitas vezes sem ter todas as habilidades e conhecimentos necessários.

Essa prática ainda é comum no Brasil, embora muito criticada, e também pode parecer um obstáculo para quem está em busca de trabalho e “não tem QI”.

Quero Trabalhar: dicas para conseguir um emprego

Quero Trabalhar

Quero Trabalhar: Veja como conseguir sua Vaga de Emprego!

Confira a seguir algumas dicas para conseguir trabalho, mesmo sem experiência.

Procure vagas de jovem aprendiz e estágios

Vagas de Jovem Aprendiz e estágios não exigem experiência. Portanto, são ótimas oportunidades a quem está em busca do primeiro emprego!

As vagas de jovem aprendiz são destinadas a jovens entre 14 e 24 anos. Assim, que estejam cursando o ensino fundamental ou médio ou já tenham concluído o ensino médio. É o que determina a lei 10.097/2000 (Lei da Aprendizagem), ampliada pelo decreto federal 5.598/2005.

A Lei da Aprendizagem estabelece que todas as empresas de médio ou grande porte tenham de 5 a 15% de aprendizes em seus quadros de funcionários. Já os estágios são regulados pela lei 11.788/2008. E destinam-se a estudantes a partir de 16 anos que estejam cursando o ensino médio, técnico ou superior.

Faça trabalhos voluntários

Ao participar de trabalhos voluntários, os jovens podem ao mesmo tempo contribuir com causas importantes e enriquecer o currículo.

Em entrevista à EBC, o consultor em carreiras Renato Mendes confirmou que o serviço voluntário é um diferencial para as empresas, tanto em relação aos candidatos que buscam o primeiro emprego quanto àqueles que já possuem experiência.

De acordo com o especialista, estar engajado em voluntariado ou já ter participado de algum projeto traz destaque ao candidato ou acaba sendo um ponto definitivo para a contratação.

Capriche no currículo

Uma grande dúvida de quem está em busca do primeiro emprego é: como preencher um currículo sem o campo “experiência profissional”? Porém, mesmo sem ter experiência, é possível elaborar um bom currículo e assim chamar a atenção dos recrutadores.

A dica é nunca mentir e, ao mesmo tempo, adicionar o máximo de informações que permitam conhecer o perfil do candidato e demonstrem preparo para o cargo, como:

  • Formação escolar;
  • Idiomas;
  • Cursos;
  • Trabalhos voluntários;
  • Trabalhos fora do mercado formal (em empresa familiar, como autônomo, trabalho temporário etc.);
  • Intercâmbio;
  • Projetos de iniciação científica;
  • Atuação em empresa júnior na faculdade.

Por outro lado, o currículo precisa ser objetivo, portanto, habilidades genéricas como “proatividade” e “criatividade” devem ficar de fora. E não esqueça de fazer uma boa revisão no texto antes de enviar, pois erros de português causam uma péssima impressão!

Veja aqui como fazer um currículo!

Prepare-se para entrevistas e dinâmicas de grupo

Entrevistas e dinâmicas de grupo costumam fazer parte da maioria dos processos seletivos para empregos. Logo, é preciso se preparar para tais situações, a fim de evitar que o nervosismo e a ansiedade estraguem tudo.

Em primeiro lugar, é importante ser honesto e autêntico, pois os recrutadores podem descobrir facilmente mentiras ou perceber que o candidato está agindo de modo forçado.

Usar uma roupa adequada, saber descrever as próprias qualidades e aptidões e pesquisar informações sobre a empresa que está oferecendo a vaga também pode ajudar bastante.

Invista em conhecimento

Fazer cursos profissionalizantes ou mesmo investir em uma faculdade aumenta muito as possibilidades de conseguir um bom emprego.


Além de turbinar o currículo, investir em conhecimento permite estar em contato com outras pessoas da mesma área profissional, o que ajuda a se manter informado sobre novas oportunidades. Sem falar na possibilidade de ser indicado para participar de processos seletivos.

Atualmente há muitas facilidades para quem quer estudar, como cursos online gratuitos ou de baixo custo. Dá até para fazer uma faculdade na modalidade EAD, na qual as aulas ocorrem pela internet e é preciso realizar atividades presenciais apenas algumas vezes por semestre.

Cadastre seu currículo em bancos de talentos

A internet é uma ótima ferramenta na busca de empregos. Há vários sites que permitem cadastrar o currículo e se manter informado sobre novas vagas gratuitamente.

O portal do CIEE (Centro de Integração Empresa-Escola), por exemplo, tem foco em vagas de estágio e jovem aprendiz.

Algumas empresas mantêm bancos de currículos próprios, como Bradesco, Cinemark e Itaú. Outra dica é manter um perfil atualizado no Linkedin, pois várias empresas divulgam vagas por meio dessa rede social.

Como vimos, a busca de trabalho pode ser uma jornada cheia de obstáculos para quem não tem experiência. Porém, seguindo nossas dicas, suas chances de conseguir o sonhado primeiro emprego aumentam muito. Conhece mais alguém que também diz Quero Trabalhar? Compartilhe o artigo!

Veja também as Vagas de Emprego!!!

Clique para avaliar!

Publicidade