A busca pela tão sonhada carreira profissional começa com a conquista do primeiro emprego!

Publicidade

Afinal, é trabalhando que se obtém aquela renda mensal que faz toda a diferença, seja para ajudar a família ou ir em busca dos próprios objetivos.

Porém, quem busca a primeira oportunidade precisa contornar a falta de experiência com um bom currículo e o devido preparo nas entrevistas.

Publicidade

Encontrar o primeiro emprego é sempre um desafio. Você tem toda a disposição da juventude, um universo a explorar e muitas ideias na cabeça. Mas não tem algo que as empresas valorizam muito: a experiência profissional.

Além disso, tudo é novidade: você não sabe como é trabalhar em uma empresa, nem a forma de se portar em uma entrevista de primeiro emprego, sequer sabe onde buscar oportunidades.

E é nesse cenário de insegurança que você precisa mostrar, frente aos concorrentes, que é a pessoa certa para aquela vaga. Desafiador, não é?


Mas, se você está passando por esse momento, tenha calma. Todo mundo que está no mercado de trabalho já passou por isso e superou essa barreira. Agora, nós estamos aqui para ajudar você a conseguir o primeiro emprego e começar a sua carreira com o pé direito! Vamos lá?

Como conquistar Meu Primeiro Emprego?

A falta de experiência é principal obstáculo a ser driblado na busca do meu primeiro emprego.

Isso porque boa parte das vagas exige experiência prévia de um, dois ou mesmo cinco anos na função! Porém, esse não deve ser um motivo para desistir de buscar uma oportunidade.

Saber elaborar um bom currículo, assim como se preparar para as entrevistas, faz toda a diferença e ajuda a compensar a falta de experiência.

Dicas de Primeiro Emprego

Também é importante buscar cursos de qualificação visando aumentar as chances de ser contratado.

Comece pelo seu Currículo!

Mesmo sem experiência, é possível se destacar nas seleções com um currículo bem elaborado.

O documento precisa ser objetivo, contendo uma só página, e bem escrito, sem erros de ortografia ou gramática (revise antes de imprimir!).

Quaisquer experiências informais, como trabalho por conta própria, em eventos, em empresa familiar ou atividades de voluntariado devem ser incluídos, pois contam pontos a favor do candidato.

Cursos de qualificação também devem ser listados, assim como o domínio de outros idiomas, mesmo que em nível iniciante.

Como fazer um currículo exemplar para primeiro emprego?

Já sabemos que experiência não é o forte de quem procura o primeiro emprego, certo? Então, o currículo deve valorizar os seus outros pontos fortes ― que certamente você tem. Portanto, confira outros itens que você pode incluir:

  • Objetivo profissional (qual é o cargo pretendido ou a sua área de interesse);
  • Formação acadêmica (cursos de nível técnico e superior);
  • Conhecimento em idiomas (nível de leitura, escrita e conversação);
  • Formação complementar (cursos livres, seminários, eventos etc.);
  • Principais habilidades (ex.: edição de imagens, fotografia, atendimento ao cliente etc.);
  • Outras experiências relevantes (vivências acadêmicas, intercâmbios, trabalhos voluntários, entre outras).

Percebe que nenhum desses itens requer experiência no mercado de trabalho? Então, destaque o que você tem de melhor!

Saiba também que a linguagem e o layout do currículo também dizem muito sobre você. Por isso, organize bem as informações, revise o texto buscando evitar erros de português e use um modelo simples, que facilite a leitura.

Também não precisa ficar de blá-blá-blá, tá? O recrutador não quer perder tempo, então seja objetivo.

Faça seu Currículo se DESTACAR! - Primeiro Emprego

Quais são os tipos de vagas para primeiro emprego?

Não sabe nem por onde começar a busca pelo primeiro emprego? Então, a gente vai guiar você pelos tipos de vagas que você pode procurar.

Assim, você já entende quais são as suas possibilidades de atuação, ok? Confira:

Meu Primeiro Emprego pode ser de Jovem Aprendiz!

As vagas de jovem aprendiz são ideais para quem está em busca do primeiro emprego, pois não exigem experiência.

Os aprendizes trabalham em regime CLT (carteira assinada), tendo direito a férias, FGTS, 13º salário e todos os benefícios oferecidos pela empresa aos demais funcionários.

O jovem aprendiz também tem direito a uma jornada de trabalho reduzida (6 horas) e as férias do trabalho devem coincidir com as férias escolares.

A lei determina que o salário do aprendiz deve ser calculado com base no valor do salário mínimo vigente.

Os contratos de aprendizagem têm duração máxima de dois anos. Porém, nada impede que o jovem assine um novo contrato após o período de aprendizagem, já como funcionário efetivo.

De qualquer forma, trabalhar como aprendiz ajuda a ganhar novos conhecimentos, já que a empresa contratante deve oferecer cursos de qualificação.

Sem falar que o problema da falta de experiência registrada, uma das principais barreiras na busca do primeiro emprego, fica resolvido.

Primeiro Emprego - Vagas abertas Jovem Aprendiz

Diante de todos esses benefícios, fica a dúvida: Quem pode ser jovem aprendiz?

Veja os requisitos:

  • Ter entre 14 e 24 anos (exceto pessoas com deficiência, as quais não há limite de idade);
  • Estar cursando o ensino fundamental, ensino médio ou já ter concluído o ensino médio.

A lei 10.097/2000, conhecida como Lei da Aprendizagem, determina que todas as empresas de médio e grande porte tenham entre 5% e 15% de aprendizes em seus quadros de funcionários.

Como a duração dos contratos é limitada, sempre estão surgindo novas vagas.

Agora vem outra pergunta: como encontrar vagas de jovem aprendiz e se candidatar? Conheça algumas alternativas:

  • Se cadastrar em entidades que atuam como intermediárias entre as empresas e os interessados em vagas de jovem aprendiz, como o CIEE e algumas ONGs. Lembrando que o cadastro sempre deve ser gratuito;
  • Cadastrar o currículo de primeiro emprego em bancos de talentos das próprias empresas;
  • Entregar currículos diretamente em empresas da sua cidade, especificando que busca uma oportunidade como jovem aprendiz.

Estágio

O estágio é literalmente um “estágio” entre a vida acadêmica e profissional. Geralmente, é a primeira experiência dos jovens em uma empresa.

O candidato deve estar matriculado no nível médio, técnico ou superior e cumprir uma carga horária de até 6 horas diárias.

Programa Trainee

O Trainee tem o objetivo de capacitar estudantes e recém-formados para cargos de liderança. Geralmente envolve treinamentos e rotação pelas áreas do negócio. Os profissionais são contratados como trabalhadores convencionais, com todos os direitos trabalhistas, e podem trabalhar até 44 horas semanais.

Contrato Convencional

Se a empresa desejar, também pode contratar candidatos ao primeiro emprego com carteira assinada, como qualquer outro trabalhador.

Eles devem ter no mínimo 16 anos, receber pelo menos um salário mínimo e cumprir carga horária de até 44 horas semanais.

Outra opção de Primeiro Emprego: Trabalho temporário

Embora um primeiro emprego de carteira assinada seja o sonho de muita gente, vale a pena considerar as vagas de trabalho temporário.

Além de garantir uma renda, ainda que por tempo limitado, esse tipo de trabalho pode abrir caminho em uma futura efetivação. Sem falar na experiência que poderá incluir no currículo.

O final de ano geralmente traz muitas oportunidades temporárias no comércio, especialmente para vendedores e atendentes em lojas de roupas, calçados e brinquedos.

Comemorações, a exemplo do dia da mães, páscoa e dia das crianças também costumam aquecer as contratações.

Os contratos de trabalho temporário devem seguir o que estabelece a lei 13.429/2017:

  • Ter prazo máximo de 180 dias, podendo ser prorrogado em até 90 dias;
  • Conter a duração da prestação de serviços;
  • Informar o valor a ser pago pela prestação de serviços;
  • Trazer disposições sobre a segurança e a saúde do trabalhador;

A lei estabelece ainda que o trabalhador temporário tem direito ao mesmo atendimento médico, ambulatorial e de refeição dos funcionários efetivos da empresa.

Como conseguir um trabalho temporário?

A legislação estabelece que as contratações devem ser feitas por empresas de trabalho temporário, que servem como intermediárias entre os trabalhadores e a empresas onde os serviços serão prestados.

O que fazer para garantir sua vaga de primeiro emprego? Veja 4 dicas essenciais!

Quer garantir a sua primeira oportunidade no mercado? Então fique de olho nessas dicas:

1. Seja sincero

O recrutador sabe que você está em início de carreira. Então, não adianta supervalorizar as informações, muito menos inventar experiências profissionais, ok?

Mostre o que você tem de melhor, mas deixe claro que você sabe que ainda tem muito a aprender com a empresa e que vai dedicar o seu melhor para isso. Força de vontade conta muito!

2. Enriqueça seu currículo com atividades extracurriculares

Compense a falta de experiência profissional com outras atividades. Participe de grupos de estudo, organização de eventos, palestras e seminários, projetos de iniciação científica, intercâmbios e trabalhos voluntários.

Tudo isso evidencia o seu comprometimento e capacidade de iniciativa, além de manter seu conhecimento na área em dia.

Dica: Baixe agora seu currículo grátis.

3. Invista em autoconhecimento

Autoconhecimento é essencial buscando enfrentar os desafios do primeiro emprego. Com ele, você identifica seus pontos fortes e fracos, seus valores e princípios, seu estilo de trabalho.


Isso ajuda a buscar as oportunidades que têm mais a ver com você, melhora sua capacidade de comunicação e dá mais confiança nas entrevistas.

Em entrevista ao portal iG, a coach e especialista em psicologia positiva, Renata Abreu, explica que o autoconhecimento também é essencial para não ceder às pressões externas. O que importa mesmo é o que você acredita e busca na sua vida profissional.

4. Prepare-se para o processo seletivo

Alguns vagas envolvem várias etapas de seleção. Análise do currículo, entrevista, dinâmica de grupo, prova de conhecimentos e entrevista com gestor são algumas delas. Então, prepare-se para ser bastante testado!

Para enfrentar essas etapas, autoconhecimento é o primeiro passo. Mas também é importante revisar as suas habilidades técnicas e conhecer bem a empresa e a vaga em que você está mirando.

Vá a Luta!

Então, já se sentiu mais confiante para buscar o seu primeiro emprego? Tudo o que queremos é que você comece a sua carreira com as melhores oportunidades!

Agora, cabe a você se capacitar e valorizar o seu currículo e arrasar nas entrevistas.

A dica final é entregar o currículo de primeiro emprego em empresas de trabalho temporário da sua região.

Se você ficou com alguma dúvida de como garantir uma vaga de primeiro emprego, deixe um comentário logo abaixo para podermos ajudar!

Clique para avaliar!

Publicidade